REPOSITORIO PUCSP Trabalho de Conclusão de Curso - TCC Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29074
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Alterações do corpo e considerações sobre os estados de self: vivência do esquecimento na clínica da maturidade
Autor(es): Leite, Isabel Alonso
Primeiro Orientador: Wajman, Sergio
Resumo: Atualmente, buscam-se possibilidades de envelhecer com saúde, garantindo qualidade de vida ao idoso, intensificando sua participação social, promovendo a manutenção de sua vida psíquica e acima de tudo, o cuidado da mesma. Este trabalho tem por objetivo compreender qual o sentido vivencial e singular do esquecimento não patológico para o idoso, sendo o esquecimento parte de um cenário mais extenso para questões psíquicas, bem como contextualizar a queixa de esquecimento ao momento de vida atual do indivíduo, uma vez que tal sintomatologia pode desempenhar uma determinada função no processo de envelhecimento. A relevância desta pesquisa vem da necessidade produzir conhecimento que auxilie na compreensão da vivência subjetiva da manifestação deste esquecimento não patológico no idoso. Os capítulos teóricos exploram os temas: envelhecimento, memória e esquecimento e elementos do processo de amadurecimento pessoal, segundo a teoria psicanalítica winnicottiana. A proposta metodológica de trabalho é de pesquisa clínica, isto é, os dados coletados são recortes de atendimentos clínicos psicoterápicos individuais realizados com três idosos, sexo feminino, acima de 60 anos, no ano de 2009. O conteúdo de análise é discutido a luz da abordagem psicanalítica, especialmente da teoria winnicottiana. Entre as participantes, verifica-se adoecimento psíquico pelo esquecimento, o que releva uma maneira de se ausentar do contexto de vida, de se defender contra as “ansiedades impensáveis” direcionando-se para a cisão ou para a defesa contra a ansiedade do envelhecimento e das não-realizações. Por fim, a contribuição deste trabalho é a de alertar para o fato de que a sintomatologia do esquecimento não apresenta um padrão vivencial, mas trata-se de uma vivência subjetiva do idoso. Além disto, é possível repensar formas de abordagem do paciente que refere queixas de esquecimento não patológico possibilitando ao profissional terapeuta cada vez mais investigar quais questões da subjetividade atravessam a vivência do esquecimento
Palavras-chave: Envelhecimento
Processo de amadurecimento
Esquecimento
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde
metadata.dc.publisher.program: Graduação em Psicologia
Citação: Leite, Isabel Alonso. Alterações do corpo e considerações sobre os estados de self: vivência do esquecimento na clínica da maturidade. 2009. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Psicologia) - Faculdade de Ciências Humanas e da Saúde da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/29074
Data do documento: 1-Dez-2009
Aparece nas coleções:Trabalho de Conclusão de Curso - TCC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ISABEL ALONSO LEITE - TCC.pdf483,63 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.