REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32581
Tipo: Tese
Título: Ontologia política do ciberfeminismo no Facebook
Autor(es): Ferraz, Cláudia Pereira
Primeiro Orientador: Segurado, Rosemary
Resumo: A presente pesquisa investiga os feminismos atrelados à tecnologia fundamentados na proposta artística das ciberfeministas do final do século XX. Partindo desta perspectiva histórica, analisará politicamente o ciberfeminismo reverberado nas atuais mídias sociais online no Brasil. A delimitação do ciberfeminismo no Facebook como objeto de estudo será construída com base do paradigma da arte ciberfeminista dos anos noventa, em que a proposta se articulava entre o uso da tecnologia, a teoria feminista francesa e a metáfora ciborgue com o intuito de implodir as estruturas binárias e dicotômicas, típicas do patriarcado. Este princípio feminista servirá para pensar as outras dicotomias, hierarquias e opressões, que envolvem para além da sexualidade, a questão de classe e da raça. Pelos referenciais da etnografia online, a observação oculta em Páginas Feministas no Facebook e suas Caixas de Comentários se utilizará desta rede como fonte de dados córregos, os quais, levarão a inserção em outros sites, blogs e páginas feministas. Desse modo, esta presente tese contemplará as análises sobre a ontologia do ciberfeminismo no Facebook, através dos discursos intrínsecos às linguagens e performances sócio-políticas analisadas nesta rede social. A pesquisa abordará a política online, em termos sóciocomportamentais, percorrendo as páginas em encontram os dados que levarão a entender a necropolítica de gênero, a reação da multidão ciberfeminista, a ascendência das representantes do ciberfeminismo político institucional e por final, a onda ultraconservadora, antifeminista e anti-democracia nas redes sociais. Embora o Ciberfeminismo tenha sido um movimento iniciado ao final do século XX a tese vai relatar como a proposta ciberfeminista ganhará força na primeira década só século XXI
Abstract: This research aims to investigate the feminisms technology-related based on the cyberfeminists artistic as proposal on late of twentieth century. From this historical perspective, it intends to do a politically analyze by the cyberfeminism reverberated through current online social media in Brazil. The delimitation of cyberfeminism on Facebook as an object of study, will be construct on the paradigm of cyberfeminism art from nineties, articulated between technology, French feminist theory and the cyborg metaphor, to inspire to overcoming the dichotomous categories of gender among others. This feminist reflexive principle allows to reflect about the other dichotomies, hierarchies and oppressions that involved beyond the sexuality, as like the question of class and race. By the online ethnography, the hidden observation on Facebook Feminist Pages and their Comment Boxes, will describe this way as a source of data streams, which lead to insertion in other websites, blogs and feminist pages. This thesis wishes would contemplate the ontology of cyberfeminism on Facebook, through the intrinsic discourses of languages and sociopolitical performances observed on this mentioned social network. In other words, the thesis will approach the online politics, in online social behavioural terms, starting from data that lead to understand the necro politics of gender, the ascendancy of the representatives of the Brazilian cyberfeminism leaders in institutional policy and the Brazilians ultra-conservative wave acting on anti-feminism and anti-democracy. Although the cyberfeminism was a movement started at the end of the twentieth century, the thesis will report how this proposal gains strength in the first decade of 21st century by social media technology
Palavras-chave: Ciberfeminismo no Facebook
Etnografia digital
Pós democracia
Necropolítica de gênero
Política ciberfeminista
Facebook cyberfeminism
Online ethnography
Post democracy
Gender necro politics
Cyberfeminist policy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Ferraz, Cláudia Pereira. Ontologia política do ciberfeminismo no Facebook. 2020. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32581
Data do documento: 21-Ago-2020
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Cláudia Pereira Ferraz.pdf1,29 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.