REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Administração
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32593
Tipo: Dissertação
Título: O consumo conspícuo como forma de inserção social: uma análise do funk ostentação
Autor(es): Gonzalez, Marcela Carvalho
Primeiro Orientador: João, Belmiro do Nascimento
Resumo: O funk ostentação vem sendo ponto de discussão em diferentes instâncias e aspectos desde o seu surgimento em meados de 2008. O consumo de baixa renda, como tema de interesse de economistas, sociólogos e estudiosos de maneira geral, também. Tido por universo onde o consumo acontece de maneira ostensiva, ou conspícua, como definido por Veblen (2018), autor usado no desenvolvimento deste trabalho, o funk ostentação permeia as relações de aquisição relacionadas às classes populares brasileiras, sendo aqui o foco principal, a paulista, onde se viu disseminar essa vertente deste estilo musical e, como constado nas análises, também de vida. O objetivo deste trabalho de pesquisa foi compreender o consumo da baixa renda sob a perspectiva do funk ostentação. Para isto, foi realizada uma pesquisa qualitativa de análise de conteúdo e análise exploratória de dados multivariados gerados por meio de código desenvolvido em linguagem R, tendo por base composições de músicas funk. Como resultado, foram encontradas relações entre as escolhas de compra feitas com intuito, ainda que não percebido, de inserção e pertencimento a grupos de referência. A relações de consumo, por vezes, pautam a tomada de decisão do indivíduo que deseja se ver inserido no contexto ao qual deseja ascender ou do que faz parte e não pode deixar de ser condizente. Para o indivíduo que participa do universo do funk ostentação, a exibição conspícua dos itens representativos e carregados de significados é forma de se fazer presente e percebido de maneira positiva e relacional, tal qual se almeja. Para futuros trabalhos, propõe-se maior compreensão acerca das mudanças nos hábitos de consumo de indivíduos tomando em conta estilos musicais que, nos últimos 10 anos, ganharam ainda mais espaço e estão entre os estilos aos quais os jovens estão se associando, como sertanejo universitário e outras vertentes do funk (como o 150 BPM), como um estilo de vida de maneira geral
Abstract: The funk ostentation has been a point of discussion in different instances and aspects since its emergence in mid 2008. Low-income consumption, as a topic of interest to economists, sociologists and scholars in general, as well. Taken by a universe where consumption happens ostensibly, or conspicuously, as defined by Veblen (2018), the author used in the development of this work, the funk ostentation permeates the acquisition relations related to the Brazilian popular classes, being the main focus here, the from São Paulo, where it was seen to spread this aspect of this musical style and, as shown in the analyzes, also of life. The objective of this research work was to understand the consumption of low income from the perspective of funk ostentation. For this, a qualitative research of content analysis and exploratory analysis of multivariate data generated through the code developed in R language was carried out, based on compositions of funk music. As a result, relationships were found between the purchase choices made with the intention, although not perceived, of insertion and belonging to reference groups. Consumer relations sometimes guide the decision-making of the individual who wishes to see himself inserted in the context to which he wishes to ascend or of which he is part and cannot fail to be consistent. For the individual who participates in the funk ostentation universe, the conspicuous display of representative and meaningful items is a way of being present and perceived in a positive and relational way, as one seeks. For future work, it is proposed a greater understanding of the changes in the consumption habits of individuals taking into account musical styles that, in the last 10 years, have gained even more space and are among the styles to which young people are associating themselves, such as university backcountry and other aspects of funk (such as 150 BPM), as a lifestyle in general
Palavras-chave: Consumo
Funk ostentação
Grupos de referência
Pertencimento
Consumption
Ostentation funk
Reference groups
Sense of belongingness
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Economia, Administração, Contábeis e Atuariais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração
Citação: Gonzalez, Marcela Carvalho. O consumo conspícuo como forma de inserção social: uma análise do funk ostentação. 2020. Dissertação (Mestrado em Administração) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2020.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/32593
Data do documento: 24-Jul-2020
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Administração

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcela Carvalho Gonzalez.pdf1,88 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.