REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/3276
Tipo: Tese
Título: Ensino superior e povos indígenas no Brasil
Autor(es): Souza, Hellen Cristina de
Primeiro Orientador: Junqueira, Carmen Sylvia de Alvarenga
Resumo: Esta tese trata do acesso de estudantes indígenas ao Ensino Superior. Tem o objetivo de analisar as características específicas da demanda dos povos indígenas pelo acesso ao Ensino Superior no Brasil. Analisa as transformações relacionadas às políticas de universalização da Educação Básica, que ocorreram no país, nas últimas décadas, e o modo como se relacionam com os atuais processos de ampliação do acesso dos estudantes indígenas aos níveis mais altos da educação escolar. Pensa os processos de escolarização como parte de uma estratégia na luta pela garantia de outros direitos fundamentais com educação e saúde. Considera os dados relativos às políticas públicas e as ações afirmativas, orientadas para o acesso e a permanência de estudantes indígenas, aos níveis mais altos de educação e formação profissional, considerando os dois eixos principais da esfera pública: as licenciaturas interculturais e os programas de oferta de vagas específicas para estudantes indígenas, em instituições de ensino superior públicas. Procura demonstrar que os estudantes indígenas disputam o capital simbólico, no interior do campo científico (tal como o descreve Bourdieu), demandando a participação política nos espaços da gestão do campo e a transformação da noção de ciência que o estrutura. Ainda analisa o retorno à comunidade do aluno egresso como uma possibilidade multideterminada pelas tradições da reciprocidade, pelas condições históricas e sócio econômicas do entorno. E finalmente, procura demonstrar que os povos indígenas buscam desenvolver distintas estratégias para fortalecer as alianças entre o estudante indígena e o objeto de compromisso ao qual ele está etnicamente vinculado, ao disputar como indígena o acesso ao Ensino Superior, o que passa pelo seu núcleo familiar, seu povo, sua aldeia ou ainda as múltiplas e complexas faces da realidade indígena, tal como a mesma se configura no Brasil ou internacionalmente
Abstract: This thesis deals with access to indigenous students to higher education. It aims to analyze the specific characteristics of indigenous peoples' demand for the access to higher education in Brazil. It analyzes the transformations related to the universalization policies of basic education that occurred in the country in recent decades and how they get related to existing processes to improve the access of Indigenous students to higher levels of education. It thinks the schooling processes as part of a strategy in the fight for other fundamental rights guarantee to education and health. It regards the data related to the public policies and the affirmative oriented actions to the access and the permanence of indigenous students in the higher levels of education and training regarding the two main public service axes, the intercultural degrees and the offering of specific vacancies programs to indigenous students in public higher education institutions. It tries to demonstrate that indigenous students compete for symbolic capital in the inward of the scientific field (as described by Bourdieu) requiring the politic participation in areas of camp management and the science notion transformation which structures it. It still analyses the egress student's returning to the community as a multidetermined possibility by the reciprocity traditions by the historical conditions and socio-economic surrounding. And finally, it tries to demonstrate that indigenous peoples seek to develop different strategies for strengthening alliances between the indigenous student and the commitment object to which it is ethnically linked, when disputing with indigenous the access to higher education, which going through the own household can be his people, his village or the multiple and complex facets of the indigenous reality as it takes shape in Brazil or internationally
Palavras-chave: Povos indígenas
Ensino superior
Políticas públicas
Indigenous people
Higher education
Public politics
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Souza, Hellen Cristina de. Ensino superior e povos indígenas no Brasil. 2010. 189 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3276
Data do documento: 10-Dez-2010
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Hellen Cristina de Souza.pdf
  Restricted Access
4,24 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.