REPOSITORIO PUCSP Monografias Lato Sensu (Especialização e MBA) Monografias Lato Sensu (em Processamento)
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/33237
Tipo: Monografia de Especialização
Título: Lei Maria da Penha: quando a mídia violenta
Autor(es): Franco, Adriana Alves
Primeiro Orientador: Sass, Odair
Resumo: Este trabalho apresenta a análise das matérias veiculadas entre 22 de setembro de 2006 a 22 de setembro de 2013 que tratam de violência doméstica, pois tem como objetivo analisar de que forma a Lei Maria da Penha é tratada pelo jornal O Estado de S. Paulo. Para tanto, foram usadas análises quantitativas e de conteúdo das matérias encontradas de forma a entender de que forma a mídia contribui com as informações sobre a lei e cumpre, acima de tudo, seu papel social informacional e atende aos requisitos da Lei Maria da Penha em difundir informações sobre a lei com o objetivo de difundir os direitos humanos das mulheres. O período escolhido estende-se do início da aplicação da lei até o sétimo ano completo de vigência da lei, de forma a considerar o período como um primeiro ciclo de análise tendo em vista que o oitavo ano ainda está em vigor e não podendo fechar a análise em uma década. Esta monografia referencia-se nos padrões da Unesco para análise das matérias de violência de forma a atender a uma agenda de promoção de direitos calcado nos direitos humanos e em padrões internacionais de pesquisa e análise de matérias de violência de gênero. Concluiu-se com esta análise que a divulgação da Lei Maria da Penha tem aumentado com o passar dos anos, mas a cobertura de violência doméstica bem como a expressa citação da lei nestas matérias ainda está muito aquém às demais notícias colocando ainda em dúvida a verdadeira contribuição da imprensa escrita, neste caso, para a difusão e divulgação da lei conforme prevê a legislação. Para tanto, destaca-se a importância de aprofundar os debates e as análises acerca da contribuição da mídia e da imprensa escrita na difusão da lei e, principalmente, na garantia e defesa dos direitos humanos das mulheres de forma ampla e irrestrita
Abstract: This paper presents the analysis of the news from 22 September 2006 to 22 September 2013 dealing with domestic violence, it analyze how the Maria da Penha Law is treated by the newspaper O Estado de S. Paulo. For both quantitative and content of the materials found in order to understand how the media contributes to the information on the law and compliant, above all, its informational social role analysis were used and meets the requirements of the Maria da Penha Law on disseminate information on the law with order to disseminate the human rights of women. The selected period extends from the beginning of law enforcement until the seventh full year of the law, in order to consider the period as a first round of analysis for the eighth year is still in place and could not close the analysis in a decade. This monograph reference is in the UNESCO standards for analysis of raw violence in order to meet an agenda of promoting rights underpinned on human rights and international standards of research and analysis of issues of gender violence. It was concluded that analysis that disclosure of the Maria da Penha Law has increased over the years, but coverage of domestic violence as well as the explicit citation of the law on these matters is still far below the other news still putting in doubt the true contribution of the press, in this case, for the publication and dissemination of the law as envisaged in the legislation. To do so, highlight the importance of further discussions and analyzes about the contribution of the media and the print media in the dissemination of the law, and especially in ensuring human rights and women's wide and unrestricted way
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes
metadata.dc.publisher.program: Especialização em Comunicação Jornalística
Citação: Franco, Adriana Alves. Lei Maria da Penha: quando a mídia violenta. 2014. Monografia de Especialização (Especialização em Comunicação Jornalística) - Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/33237
Data do documento: 8-Set-2014
Aparece nas coleções:Monografias Lato Sensu (em Processamento)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ADRIANA ALVES FRANCO.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.