REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/3324
Tipo: Tese
Título: Relâmpagos com claror: a construção da vida como obra de arte em Lygia Clark e Hélio Oiticica
Autor(es): Carneiro, Beatriz Helena Scigliano
Primeiro Orientador: Passetti, Edson
Resumo: O tema desta tese consiste na construção da vida como obra de arte. Sua delimitação como problema de pesquisa decorreu da confluência de duas vertentes principais. Uma se refere à questão desenvolvida por Foucault acerca da estética da existência, instaurada pela prática das técnicas de si como atitude demolidora, não pela negação de valores mas pela positivação de uma ética. Nietzsche torna mais caudalosa esta vertente pois seus trabalhos problematizam a invenção de valores afirmativos da vida. A afirmação é a atitude de quem faz de sua vida obra de arte. Nessa perspectiva, recorrer a Nietzsche abre a questão de avaliar os resultados das práticas de construção de si em função da afirmação da vida. A outra confluência surgiu da constatação de que alguns artistas fizeram de suas vidas obras de arte usando a própria arte como técnica de si. numa perspectiva não individualizaste, mas voltada ao trato coletivo. Usaram o fazer arte para se construírem como arte. Destacam-se aqui Lygia Clark e Hélio Oiticica, que fizeram da arte elemento capaz de empreender a transformação de si; transformações que se abriam para o mundo e para a afirmação de novos valores. Neles apareceu com nitidez a prática da estética da existência, cada um oferecendo uma possibilidade de sua realização. A atividade artística para Lygia Clark e Hélio Oiticica reveste-se dessa; mesma postura de construção da vida. O que ambos realizaram interessa neste trabalho com o mesmo estatuto do pensamento filosófico no questionamento dos acontecimentos e da análise da diversidade dos jogos de poder. Fizeram de suas vidas obras de arte a partir da reflexão proporcionada pela atividade artística. Inventaram a sua vida-obra
Abstract: The theme of this thesis concerns the building of life as a work of art. Its definition as a subject of research results from two sources. One refers to the Foucault aesthetic of existence, established by technologies of self as a atitude of risc not by negation of values, but by an ethic afirmation. Nietzsche strenghtens this stream since his work intents to invent posivitive vital values. Afirmation is the atittude of whom really turns his life into a work of art. In this sense, the reference to Nietzsche leads to questioning the effetive result of the pratices of self building as a way to afirm life. Another source emerges from realizing that some artists has made his lifes a work of art using art as a technique of self, not in a individual perspective, but turned to the coletive. Lygia Clark and Hélio Oiticica turned life into na element, of self transformation. Changes that opens to the world and to positivation of new values. In both. we could realize the practice of aesthetic of existence, each of one showing a possibilitity. Their artistic pratices has the same atitude concerning the self building. ~hat both made of their art and life interests to this thesis as a way of questioning events of life and games of truth. They turned their lifes into works of art from the thinking, resulted from their artistic activities. They invented their life-oeuvre
Palavras-chave: Estetica da existencia
Obra de arte
Clark, Lygia -- 1920-1988 -- Critica e interpretacao
Oiticica, Helio -- 1937-1980 -- Critica e interpretacao
Ontologia
Vida
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Carneiro, Beatriz Helena Scigliano. Relâmpagos com claror: a construção da vida como obra de arte em Lygia Clark e Hélio Oiticica. 2001. 320 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2001.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3324
Data do documento: 12-Nov-2001
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Beatriz Helena Scigliano Carneiro.pdf
  Restricted Access
24,63 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.