???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3337
Tipo do documento: Tese
Título: Esperança Equilibrista - Resistência feminina à ditadura militar no Brasil (1964-1985).
Título(s) alternativo(s): Women participate on the resitance against dicatorship in Brazil (1964-1985)
Autor: Joffily, Olivia Rangel
Primeiro orientador: Saffioti, Heleieth Iara Bongiovani
Resumo: Este trabalho pretende resgatar parte de um período da história do Brasil, a ditadura militar (1964-1985), sob a ótica dos oprimidos, em particular as múltiplas e criativas formas de participação feminina na resistência ao regime militar, tornando visível, com entrevistas e pesquisa bibliográfica, sua trajetória e sua contribuição à conquista da democracia. Busca construir uma outra versão desse período de nossa história, reconstituindo a trajetória coletiva e individual de um grupo de mulheres, em permanente interação com essas duas instâncias. Dessa forma, dando voz a essas mulheres, pretende contribuir para o resgate de seu desempenho como sujeito e agente desse momento da história social brasileira. Para esse fim, foram coletados relatos tematizados de vida de 12 mulheres, que falaram sobre sua participação no apoio, na estrutura dos partidos, durante a clandestinidade e exílio, na luta armada e na solidão do cárcere e da tortura.
Abstract: This work intends to review a period in Brazilian history, the military dictatorship (1964-1985), from the point of view of the oppressed, particularly the multiple and creative ways women participated on the resistance to the military regime, showing, through interviews and bibliographic research, their path and their contribution to the establishment of democracy. It attempts to build a different version of this period of our history, reconstructing the collective and individual paths of a group of women, in permanent interaction between these two views. In this way, by giving voice to this women, it intends to contribute to the recuperation of their actions as subjects and agents of this moment in Brazilian social history. For that, were collected life stories of 12 women, who talked about their participation in support activities, in the structure of political parties, in the underground period, in exile, in armed resistance and in the solitude of imprisonment and torture.
Palavras-chave: resistência feminina
tortura
exilio
clandestinidade
military dictatorship
women participated on the resistance
underground period
exil
imprisonment
Ditadura - Brasil
Brasil - Política e governo - 1964-1985
Mulheres
Resistência ao governo
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Joffily, Olivia Rangel. Women participate on the resitance against dicatorship in Brazil (1964-1985). 2005. 170 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3337
Data de defesa: 7-Oct-2005
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OliviaJoffily.pdf696,62 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.