REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/36267
Tipo: Dissertação
Título: Onde estão os negros? trabalhadores da Companhia Antarctica Paulista entre 1920 e 1930
Autor(es): Joaquim, Michele Silva
Primeiro Orientador: Dias, Luiz Antonio
Resumo: A presente pesquisa tem como objetivo o estudo da presença dos negros na indústria paulistana entre 1920 e 1930, por meio da análise das fichas de contratação de funcionários da Companhia Antarctica Paulista no período mencionado. Através de pesquisas documentais e bibliográficas, buscamos diminuir a lacuna existente na historiografia que demonstre a presença dos negros na indústria paulistana pós-abolição. Por se tratar de pesquisa em fonte primária, contribuiremos para estudos sobre a difusão dessas fontes, afinal as ausências de pesquisas se dão em grande parte pela falta de acesso aos documentos. Utilizando metodologia da História Serial, que faz uma análise social através da série constituída, sendo ela o recorte e a essência do objeto de pesquisa. Uma ficha com 15 campos de preenchimento nos trouxe a possibilidade de análise de quem eram esses empregados negros da Companhia Antarctica Paulista: nomes, idade, salário, moradia, questões familiares e de migração. O âmbito educacional, do lazer e sociabilidades também foram abordados. A pequena ficha que antes era para comprovar a existência negra no meio urbano-fabril se mostrou muito mais rica e nos trouxe indícios dessa população que ainda carece de estudos sobre sua inserção na cidade de São Paulo entre 1920 e 1930
Abstract: The present research aims to study the presence of black people in the factories of São Paulo city between 1920 and 1930, through the analysis of employee hiring records of the Companhia Antarctica Paulista during the mentioned period. Through documentary and bibliographical research, we seek to reduce the gap in historiography that demonstrates the presence of blacks in the factories of São Paulo city post-abolition. As it is a primary source research, it will contribute to studies on the diffusion of these sources, as the lack of research is largely due to lack of access to the documents. Using the Serial History methodology, which makes a social analysis through the constituted series, being it the cut and essence of the research object. A card with 15 fields of filling brought us the possibility of analyzing who these black employees of the Companhia Antarctica Paulista were: names, age, salary, housing, family and migration issues. Education, leisure and sociabilities were also addressed. The small card that was previously used to prove the existence of black people in the urban-factory environment proved to be much richer and showed us indications of this population that still lacks studies on its insertion in the city of São Paulo between 1920 and 1930
Palavras-chave: Negros
Trabalhadores
Companhia Antarctica Paulista
Black people
Workers
Companhia Antarctica Paulista
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em História
Citação: Joaquim, Michele Silva. Onde estão os negros? trabalhadores da Companhia Antarctica Paulista entre 1920 e 1930. 2023. Dissertação (Mestrado em História) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/36267
Data do documento: 3-Abr-2023
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em História

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Michele Silva Joaquim.pdf5,23 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.