???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3731
Tipo do documento: Dissertação
Título: Terrorismos e terroristas
Autor: Degenszajn, Andre Raichelis
Primeiro orientador: Passetti, Edson
Resumo: Essa pesquisa, situada no campo das relações internacionais, aborda a emergência do terrorismo internacional a partir de duas procedências históricas localizadas na Revolução Francesa e na Rússia entre meados do século XIX e início do XX, no intuito de problematizar a noção de terror e o seu redimensionamento contemporâneo. O terrorismo é analisado a partir de uma história política das relações internacionais, que se aparta de uma concepção fundada na continuidade da soberania, atentando para os efeitos dos discursos políticos no interior dos sistemas de poder. Nesse sentido, afirma a política como guerra continuada por outros meios. A emergência do terrorismo internacional contemporâneo foi acompanhada pela construção de um novo discurso de segurança, expresso na declaração da guerra ao terror, a partir de 2001. O terrorista islâmico, principal alvo dessa política de segurança internacional, é percebido como o monstro contemporâneo a ser combatido e o islã incorpora o discurso do universal fundamentalista que se opõe ao universal democrático ocidental. A guerra ao terror é uma batalha cuja internacionalização redimensionou o terrorismo para outros espaços, apontando para a continuidade da máquina de guerra nômade
Abstract: This research, developed in the field of international relations, deals with the emergence of international terrorism considering two historical provenances situated in the French Revolution and in Russia, between the late 19th Century and beginning of the 20th Century, aiming at problematizing the notion of terror and its contemporary expression. Terrorism is analyzed from a political history perspective of international relations, which does not follow a conception based on the continuity of sovereignty, and considers the effects of the political discourse within systems of power. Therefore, affirms politics as a continuation of war by other means. The emergence of contemporary international terrorism was followed by the development of a new security discourse, expressed in the declaration of the war on terror in 2001. The Islamic terrorist, the main targeted of this international security policy, is perceived as the contemporary monster to be fought and Islam incorporates the discourse of fundamentalist universal that opposes the Western democratic universal. The war on terror is a battle that its internationalization relocated terrorism to other spaces, pointing out to the continuity of the nomad war machine
Palavras-chave: Terrorismo
Guerra
Resistências
Relações internacionais
Terroristas
Área(s) do CNPq: CNPQ::
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Faculdade de Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Degenszajn, Andre Raichelis. Terrorismos e terroristas. 2006. 154 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3731
Data de defesa: 2-Jun-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Andre Raichelis Degenszajn.pdf486,09 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.