???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3758
Tipo do documento: Tese
Título: Projeto Porto Novo: Fé, altruísmo e contradições dos alemães do oeste de Santa Catarina.
Autor: Eidt, Paulino
Primeiro orientador: Rangel, Lucia Helena Vitali
Resumo: Essa pesquisa teve como propósito analisar a teia de relações culturais, econômicas e sociais que teceram a vida dos alemães do Projeto Porto Novo (atualmente os municípios de Itapiranga, São João do Oeste e Tunápolis), fundado pela Companhia de Jesus em 1926, no Extremo Oeste de Santa Catarina. O estudo, carregado de significação subjetiva, pretende divergir da História Oficial positivista que até agora estabeleceu as verdades sobre o audacioso projeto homogêneo. A pesquisa justifica-se por reabrir páginas filtradas por ensaios e narrativas oficiais; opor-se ao exercício de opressão, que atribui um caráter marginal à história da maioria e, principalmente por mexer em feridas cicatrizadas pela ação do tempo, mas, não esquecidas pela memória coletiva. A história do Projeto Porto Novo, mencionado na literatura teuto-brasileira como uma das colonizações mais fechadas e coercitivas da migração européia no Brasil, foi reconstruída por meio da criação de um personagem fictício denominado de Alfredo. Na narrativa, documentos, e outras fontes de pesquisa foram intertextualizados. As entrevistas ganharam vida e deixaram de ser fragmentos cimentados em citações textuais longas, citações textuais curtas, citações indiretas, etc. Alfredo foi construído através de instrumentos flexíveis e, por isso, encarnou processos vivos, recolocando a questão do método em novo patamar. Transversal, foi reinventado a partir de dezenas de cartas particulares, arquivo sigiloso de instituições civis e religiosas, documentos nunca publicados, histórias de vida que reabriram páginas fechadas pela história oficial, além de expressar uma significação subjetiva muito grande do entrecho corporal e histórico do próprio pesquisador. Os resultados extrapolaram as previsões iniciais e algumas conclusões se erguem como soberanas: a demarcação de um território cativo de 583 quilômetros quadrados, em meio ao espaço natural, objetivou a formação de cristãos perfeitos para a vida econômica, social e cultural; a colônia por meio da ação niveladora da coletividade, experimentou uma noosfera religiosa mística e fanática, sem precedentes nas colonizações do Brasil Meridional; o projeto respondeu e se adaptou a dois períodos distintos: teve a Igreja como epicentro das decisões até a década de 1970, consolidando o desejo latente desta, de impedir que os horrores e a imoralidade, insuflados pela modernidade, atingissem o tecido social, e, pós-70, quando as grandes agroindústrias (leite, aves e suínos) colocaram-se como centrais irradiadoras da modernidade da região, governando de acordo com as leis do mercado. Assim, Alfredo desvela parte da intricada trama de relações, o jogo da vida e a correlação de forças que se entrelaçaram e se sustentaram por oito décadas na região do antigo Projeto Porto Novo.
Abstract: The purpose of this research was to analyze the web of cultural, economical, and social relationships that were woven into life of the Germans of the New Port project (which is now the County districts of Itapiranga, Saint John of the West, and Tunápolis) foundeb by Jesuit Priests in 1926 in the extreme West of Santa catarina. The study, full of subjective significance, intends to differ from the positive Official History that up to now has established the truths about the daring homogeneous project. The research justifies itself by reopening pages that attributes a marginal character to the history of the majority, and by excessively opening wounds that have been healed by the action of time, but not forgotten by the collective memory. The New Port history, as mentioned in teuto-Brazilian literature, as being one of the most closed and coercive colonizations of the European migration in Brazil, was reconstructed through a fictitious character named Alfredo. In the narrative, documents and other resource sources were embebded in the text. The interviews achieved a life of their own and ceased being fragments cemented in long textual citations, short textual citations, and indirect textual citations, etc. Alfredo was constructed through flexible instruments, and embodied live processes, resurrecting the question of the method in a new level. On the other hand, life stories were reinvented, as a result of dozens of private letters, sealed files of civil and religious institutions, documents never published, and life stories that reopened closed pages of the official history, as well as expressing a very large subjective significance of this researcher s own physical and historical narrative. The initial predictions were confirmed, and some conclusions stand supreme: the demarcation of 583 square kilometers as a captive territory amid a virgin area, wit the purpose of formation of perfect Christians for the economical, social, and cultural life; they colony through the leveling action of collectivity, tried a mystic and fanatic religious noosphere, unprecedented in the colonizations of Southern Brazil; the project and adapted to two different periods: one had the Church as the epicenter of the decisions up to the decade of 1970, thus consolidating the latent desire of this Institutions to impede that the horrors of immorality as associated with modernity reach the social fabric, and the subsequent period, where large agribusinesses (milk, poultry, and pigs) established themselves as centrals of diffusions of modernity, and governed in accordance with the laws of the market. Thus, Alfredo delineates the narrative of relationships, the game of life, and the correlation of interlaced forces that were sustained for eight decades in the area of the old New Porto Novo.
Palavras-chave: Projeto Porto Novo
New Port project
Alemaes -- Emigracao e imigracao -- Santa Catarina, SC
Jesuitas -- Santa Catarina, SC
Itapiranga, SC -- Historia
Santa Catarina, SC -- Historia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Eidt, Paulino. Projeto Porto Novo: Fé, altruísmo e contradições dos alemães do oeste de Santa Catarina.. 2006. 277 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3758
Data de defesa: 10-Oct-2006
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CSO - Paulino Eidt.pdf4,29 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.