REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/3897
Tipo: Tese
Título: Da academia à rua: a zona de orquestração da moral no campo policial
Título(s) alternativo(s): The academy on the street: the orchestra zona of moral in the policial field
Autor(es): Miranda, José da Cruz Bispo de
Primeiro Orientador: Costa, Márcia Regina da
Resumo: Este Trabalho tem como objeto de estudo a relação entre novos e velhos policiais civis no campo policial, em Teresina - Pi, no período de 2001 a 2003. Os objetivos são: I) Identificar dificuldades na formação e controle dos policiais; II) Caracterizar a forma de inserção dos policiais civis na instituição policial; III) Reconhecer na sua trajetória momentos vulneráveis para a captura do novo policial pelo establishment policial, e; IV) Contribuir com a análise das relações entre policiais no campo policial. A idéia central que norteia a análise é a possibilidade das relações entre novos e antigos policiais ser um canal de deteriorização dos valores e de reprodução das práticas policiais tradicionais. A recorrência deste campo profissional à prática policial tradicional, em especial entre os novos policiais, ameaça a confiança da sociedade nas instituições. A preocupação com esse fato levou-nos às seguintes questões: 1) o currículo e o ensino na Academia de Polícia privilegiam a reprodução das práticas policiais tradicionais?; 2) A suposta burocratização da Corregedoria de Polícia favorece a impunidade com sua ineficiência?; 3)A provável disseminação do mau comportamento decorre da ausência de controle e de gerenciamento dos recursos humanos? A pesquisa é empírica e analítica, utiliza dados qualitativos e técnicas de entervista, transcrição e análise de documentos oficiais para alcançar seus objetivos e investigar suas questões. A percepção analítica é auxiliada por categorias, tais como o habitus, o campo, a prática policial tradicional, a violência simbólica e outras. A análise constatou que a relação entre os policiais é deteriorada e serve de reprodução das práticas policiais tradicionais, identificou a fragilidade do processo de formação, a tolerância do sistema disciplinar com os maus policiais, a ausência de um gerenciamento dos novos recursos humanos e a existência de uma zona de orquestração da moral. Neste sentido, o esforço por uma nova polícia enfrenta sérios desafios.
Abstract: This paper has as subject matter the connection between new and old policemen in policial force, in Teresina - Pi, in the period between 2001 and 2003. The aims are: I)identified the difficulties in education and control of the policemen in the policial institutions; II)characterize the way of admission of the civil policemen; III)recognize in its trajectory vulnerable moments to the capture of the new policemen by the policial establishment and; IV)contribute with the analysis is the possibility of conection between new and old policemen to be a channel of demage of values and reprodusing the traditional policial pratices. The returning of this profissional field special between the new policemen, threatens the confidence of the society in the institutions. The worry with this fact led us to the following questions: 1)Do sylabus and the teaching in the police academy give privilege to the reproduction of the traditional policial pratices? 2) Does allege bureaucracy of the police corrective service staff favor the impunity with inefficiency?; 3) Does the probable dissemination of the bad behavior take place because of the absence of control and the management of the human resources? This research is empirical and analytic, it uses data that expresses the quality and the tecnniques of interviews, transcription and analysis of the official documents to reach its objectives and investigate its questions. The analitic perception is helped by categories, such as habitus, the field, the traditional policial practices, the simbolic violence, others. The analysis proved that the connection between the policemen is demaged and works to reproduce the traditional policial practices, it also identified the fragility of the process of education, the tolerance of the disciplinary sistem with the bad policemen, the absence of a management and the existence of a occhestra zona of moral. So the effort for a new police force faces serious obstables.
Palavras-chave: comportamento
campo
valores
Behavior
Policial force
Teaching
Values
Habitus
Policiais
Polícia - Teresina, PI
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Miranda, José da Cruz Bispo de. Da academia à rua: a zona de orquestração da moral no campo policial. 2005. 258 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3897
Data do documento: 19-Mai-2005
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoseMiranda.pdf
  Restricted Access
1,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.