???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3918
Tipo do documento: Tese
Título: O poder simbólico da religião: a dialética da exclusão e inclusão nos espaços sagrados da Igreja Católica na região metropolitana de São Paulo
Autor: Pereira, José Carlos 
Primeiro orientador: Consorte, Josildeth Gomes
Resumo: Esta tese versa sobre o poder simbólico de excluir e incluir que a Religião Católica exerce na vida social de seus adeptos, configurada na influência que ela dispõe para circunscrever status, seja dentro ou fora de seus espaços sagrados. Por um lado, essa condição se caracteriza através da reprodução das desigualdades e do afrouxamento de vínculos religiosos e sociais por ela proporcionados. Por outro, reforça os laços sociais. Além disso, dentro dos templos e na hierarquia eclesial, há concessões de privilégios que evidenciam tal paradoxo. Isso é demonstrado em etapas sucessivas, classificadas de processo dialético, que dão ênfase às especificidades de desigualdades, anacrônicas e contemporâneas, que permeiam a estrutura da Igreja Católica. Para este estudo foram escolhidos dois campos distintos: um na região central de S. Paulo, denominado de setor Pinheiros, e outro na periferia de Osasco, chamado de setor Santo Antônio. A metodologia deste trabalho consiste num contraponto entre essas duas áreas de domínio da Igreja Católica e se divide em três capítulos que procuram concatenar o método dialético. O primeiro aborda os espaços sagrados, isto é, os templos, como lócus de representações coletivas que constituem o imaginário religioso católico. O segundo capítulo, através de um Atlas da metrópole de São Paulo com diversos indicativos societários, analisa a dialética da exclusão e inclusão social e suas correlações com o fator religião. O terceiro e último capítulo trata da faculdade dos bens simbólicos da Igreja Católica, os sete sacramentos, com suas funções inclusivas e excludentes, tanto no imanente quanto no transcendente da vida do fiel. Nas considerações finais, foram reunidas as conclusões obtidas em cada capítulo, demonstrando, assim, não apenas a influência que a referida religião exerce no mundo social, mas também o arranjo social que ela possibilita na sociedade e no indivíduo
Abstract: This dissertation explains about the symbolical power of exclusion and inclusion exerted by the Catholic Religion in the social life of its devotees, based on the influence that it has to limit status inside or outside of its holy spaces. On the one hand, that condition is made of the reproduction of inequality and social and religious tie slackness provided by it self. On the other hand, it strengthens social laces. Furthermore, inside of the temples and on the ecclesiastical hierarchy we find privilege concessions that show clearly such contradiction. That is exhibited in successive stages, which are classified as a dialectic process, emphasizing the specificness of the anachronic and modern disparities that pass through the base of the Catholic Church. Two distinct sets were chosen in order to do this study: one in the Central region of São Paulo, known as Pinheiros sector and the other on the surroundings of Osasco, known as Santo Antonio sector. This work methodology consists in showing the counterpoint between those two different areas of the Catholic Church realm and is divided in three chapters that try to connect the dialectic procedure. The first one tells us about the holy space, which is the temple as a place of collective representation which establishes the Catholic Religion imaginary. The second one, through a map of the metropolitan area of Sao Paulo with various social indicatives, analyses the social exclusion and inclusion dialectics and its analogy to the religions factor. The third chapter talks about the faculty of the Catholic Church symbolic assets that are the seven sacraments and their exclusion and inclusion functionality both the immanent and the transcendent life of the Faithful. In the final considerations, the conclusions found in each chapter were joined again, showing in this way not only the influence the religion carries out in the social life but also the social arrangements that it enables in the community and for individual
Palavras-chave: Religião católica
Poder simbólico
Espaço sagrado
Bens simbólicos
Sacramentos
Ritos
Catholic religion
Symbolic power
Holy space
Symbolic assets
Sacraments
Rites
Igreja Catolica -- Sao Paulo (cidade)
Religiao e sociologia -- Sao Paulo (cidade)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Pereira, José Carlos. O poder simbólico da religião: a dialética da exclusão e inclusão nos espaços sagrados da Igreja Católica na região metropolitana de São Paulo. 2008. 413 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3918
Data de defesa: 30-May-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jose Carlos Pereira.pdf2,84 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.