REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/39729
Tipo: Tese
Título: A influência das mídias digitais na cultura da infância
Autor(es): Toquetão, Sandra Cavaletti
Primeiro Orientador: Chaia, Vera Lúcia Michalany
Resumo: O presente estudo teve como objetivo geral analisar as mídias digitais no universo infantil, buscando compreender como aquelas influenciam na formação das crianças. A fundamentação teórica baseou-se na contribuição de autores que abordam os conceitos de infância e mídias digitais. Nessa perspectiva, foram realizados estudos sobre obras que discutem a cultura da infância, bem como referências que apontam que, hoje, não se vive mais em uma sociedade disciplinar, e, sim, em tempos de biopolítica, ou seja, há um poder exercido sobre a vida humana, que gera uma nova tecnologia política como forma de massificação e dominação. Esse poder interfere no comportamento, inclusive, das crianças, e representa um problema econômico, político e social. Essa situação foi agravada pela suspensão das aulas devido ao isolamento social causado pela pandemia de Covid-19. Corrobora essa ideia, a utilização do acesso remoto emergencial pelas escolas de educação infantil que impactou diretamente nas relações das crianças com as tecnologias digitais. Os objetivos específicos desta pesquisa foram analisar as mídias digitais no universo infantil, buscando compreender as narrativas que influenciam a formação das crianças; propor caminhos para a produção de mídias digitais voltadas para a infância, fundamentadas no reconhecimento da diversidade, igualdade e inclusão; e ampliar o repertório de práticas que possibilitem o engajamento das crianças com a linguagem midiática. O trabalho também procurou individuar o uso da internet e de aplicativos conectados para coleta de dados das crianças. A análise dessas especificidades visou refletir sobre os limites e riscos dessa coleta de dados, que podem ficar disponíveis para manipulação por qualquer indivíduo, utilizando máquinas ou não, a partir de suas casas ou instituições. A metodologia aplicada foi de natureza qualitativa, com coleta de dados empíricos por meio de trabalho de campo, incluindo a etnografia com crianças, a fim de incentivar sua participação. Nesse contexto, foram discutidos temas como cultura da infância, mídias digitais e sociedade de controle. Espera-se que este estudo provoque reflexões sobre a necessidade de uma rede de proteção para promover os direitos das crianças, o uso consciente das mídias digitais na infância e a busca por uma cultura digital mais humanizada
Abstract: The present study had as its general aim to analyze the digital media in the children's universe, seeking to understand how they influence the formation of our children. The theoretical foundation was based on the contribution of authors addressing childhood and digital media concepts. Studies were carried out on works that discuss the culture of childhood as well as references that point out that we no longer live today in a disciplinary society, but rather in a society in times of Biopolitics, i.e., a power exercised over human life, generating a new political technology as a form of massification and domination. This power interferes with human behavior, including that of children, and stands for an economic, political, and social problem. This situation has been aggravated by the suspension of school classes due to the social isolation caused by the Covid-19 pandemic. The idea is corroborated by the use of emergency remote access by early childhood education schools that directly impacted children's relationships with digital technologies. The specific aims of this research were to analyze digital media in the children's universe, seeking to understand the narratives that influence the formation of children; to propose ways for the production of digital media aimed at children based on the recognition of diversity, equality, and inclusion; and to expand the repertoire of practices that enable children's engagement with media language. The study also sought to analyze the use of the internet and connected applications for children's data collection. The analysis of these specificities aimed to reflect on the limits and risks of this data collection, which can be available for manipulation by any individual, using machines or not, from their homes or institutions. The methodology applied was qualitative, with empirical data collection through fieldwork, including ethnography with children, to encourage their participation. In this context, topics such as childhood culture, digital media, and society of control were discussed. This study is expected to reflect on the need for a protection network to promote children's rights, the conscious use of digital media in childhood, and the search for a more humanized digital culture
Palavras-chave: Mídias digitais
Cultura da infância
Sociedade de controle
Rede de proteção
Cultura digital humanizada
Digital media
Culture of childhood
Control society
Protection network
Humanized digital culture
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Toquetão, Sandra Cavaletti. A influência das mídias digitais na cultura da infância. 2023. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2023.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/39729
Data do documento: 4-Ago-2023
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Sandra Cavaletti Toquetão.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.