???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3980
Tipo do documento: Tese
Título: Tribos urbanas: o rap e a radiografia das metrópoles
Autor: Lindolfo Filho, João 
Primeiro orientador: Costa, Márcia Regina da
Resumo: Esta tese tem como objetivo estudar, à luz de teorias da resistência e identidade o fenômenodo rap - tanto os atores envolvidos como as produções culturais - em confronto com a educação formal, tentando perceber como se delineiam alguns aspectos identitários das vivências sociais explicitadas em músicas. Foram-me de especial utilidade os estudos etnográficos sobre as instituições educacionais, para evidenciar alcances e limites das trocas entre estas e os sujeitos em seu interior, destacando estratégias de acomodação/resistência no cotidiano das escolas. O rap apresenta-se atualmente como fenômeno mundial, e os rappers como audazes críticos do controle social, das injustiças e da situação de miserabilidade que são reservados à maior parte das populações das grandes metrópoles do planeta. Julgo, portanto, de fundamental importância desvelar algumas particularidades que os engendram. Com esse objetivo, escolhi quatro rappers como sujeitos paradigmáticos da questão: dois de São Paulo e dois de Lisboa, para identificar possíveis semelhanças e contradições em seus discursos e/ou músicas, objetivando também uma análise comparativa da presença do rap e sua crítica no Brasil e Portugal. Gravei um CD-ROM, que se encontra em anexo, com as músicas analisadas na tese, além de um curta-metragem de cinema sampleado, que tenta trazer ao leitor mais algumas indagações acerca das questões econômicas, raciais e de controle social que estão presentes nas metrópoles neste início de milênio marcado por uma nova ordem mundial
Abstract: This thesis aims at studying, considering the resistance and identity theories, the rap phenomenon - its artists as well as its cultural production - as opposed to the formal education and leaming about the outlooks of some identity aspects of sociallives represented in the songs. Ethnographic studies on educational institutions were used, spotting limits and advances in the relationship with students, displaying strategies of maintenance and resistance on its daily lives. Rap has become a global phenomenon and rappers have taken part in this environment as harsh critics of social control, injustice and misery, which are part of most people's lives in the big cities nowadays. Therefore it is vital for this work to analyze details hidden beyond this surface. Considering this, four rappers have been chosen to provide tools for this task: two of filem from São Paulo, and the other two from Lisbon, in order to spot similarities and contradictions on their speech and work as well, resulting algo in a comparative analysis of the presence of the rap and its social critics in both Portugal and Brazil. Attached comes a CD-ROM containing the songs studied in this thesis ias well as a sampled short movie, which intends to focus more questions on economics, racial and social control issues that are part of every metropolis in the dawn of this millennium, characterized by a new global order
Palavras-chave: Rap (Musica)
Genese do rap
Negro nas metropoles
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Lindolfo Filho, João. Tribos urbanas: o rap e a radiografia das metrópoles. 2002. 213 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2002.
Tipo de acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/3980
Data de defesa: 30-Jun-2002
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Joao Lindolfo Filho.pdf13,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.