REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4006
Tipo: Dissertação
Título: Análise da teoria democrática contemporânea: um estudo crítico sobre Joseph Schumpeter
Autor(es): Souza, Ronaldo Tadeu de
Primeiro Orientador: Couto, Claudio Gonçalves
Resumo: O presente tem como objetivo o estudo da teoria democrática contemporânea, especificamente, o estudo da teoria elitista da democracia de Joseph Schumpeter. A teoria democrática após e Segunda Guerra Mundial foi influenciada decisivamente pelas concepções de democracia de Joseph Schumpeter. Isto significa dizer que a disciplina de ciência política foi influenciada também, pelas concepções da democracia elitista de Schumpeter. A teoria de Schumpeter sobre a democracia buscou resolver à questão de como limitar a participação e intervenção do homem do povo nas decisões de Estado. Para responder isto Schumpeter recorre a algumas variáveis. Dentre estas destacamos os parâmetros do regime parlamentar inglês e a funcionalidade dos partidos social-democratas. Estas duas variáveis permitiram a Joseph Schumpeter a definir democracia como um método institucional que permite a seleção de lideres através da luta pelos votos do povo. Diversos autores e correntes democráticas haviam criticado a teoria restrita de democracia do economista austro-americano, como por exemplo: os participativistas Carole Pateman e Peter Bachrach e o deliberativista Jürgen Habermas; mas todas se mostraram insuficientes. Por isso escolhemos empreender este estudo crítico a partir da teoria política marxista, mais precisamente da teoria marxista que foi contemporânea a Joseph Schumpeter, ou seja, a teoria marxista do começo do século XX. Isto se justifica também pelo fato de que o próprio Schumpeter em sua obra Capitalismo, Socialismo e Democracia empreende uma crítica ao socialismo marxista para construir sua teoria da democracia baseada na liderança e na exclusão do povo da política. Nosso método consistiu em analisar os pontos principais do texto central de Capitalismo, Socialismo e Democracia , a saber, o texto da Parte IV - Socialismo e Democracia . Também utilizamos como método investigações histórico-político que serviram ao próprio Schumpeter para construir sua teoria. Nossa hipótese é que a teoria da liderança democrática de Joseph Schumpeter era uma tentativa de elaborar uma estrutura conceitual que permitisse a manutenção do equilíbrio instável do regime de dominação burguês
Abstract: This aims at studying the contemporary democratic theory, specifically, the study of theory elitist democracy of Joseph Schumpeter. The democratic theory and after World War II was decisively influenced by the ideas of democracy of Joseph Schumpeter. This means that the discipline of political science was also influenced by the ideas of democracy elitist of Schumpeter. The theory of Schumpeter on democracy sought resolve the question of how to limit the participation and assistance from the man of the people in the decisions of state. To answer this Schumpeter draws on some variables. Among those highlighted the parameters of the English parliamentary system and functionality of the social democrat parties. These two variables allowed Joseph Schumpeter to define democracy as an institutional method that allows the selection of leaders through the fight for votes of the people. Several authors and democratic currents had criticized the theory of limited democracy in the Austro-American economist, for example: the participativistas Carole Pateman and Peter Bachrach and deliberativista Jürgen Habermas, but all were inadequate. So I chose undertake this critical study from the Marxist political theory, more precisely the Marxist theory that was contemporary with Joseph Schumpeter, namely the Marxist theory of the beginning of this century. This is also justified by the fact that Schumpeter himself in his work "Capitalism, Socialism and Democracy" undertakes a critique of Marxist socialism to build his theory of democracy based on leadership and the exclusion of people from politics. Our method was to analyse the main points of the central text of "Capitalism, Socialism and Democracy", namely the text of Part IV - "Socialism and Democracy." We also use as a method historical research-politician who served on Schumpeter to build their own theory. Our hypothesis is that the theory of democratic leadership of Joseph Schumpeter was an attempt to develop a conceptual structure that would allow the continuation of the unstable equilibrium of the bourgeois domination
Palavras-chave: Teoria democrática
Liderança
Marxismo
Democracy
Democratic theory
Leadership
Marxism
Schumpeter, Joseph Alois -- 1883-1950 -- Critica e interpretacao
Democracia
Socialismo
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Souza, Ronaldo Tadeu de. Análise da teoria democrática contemporânea: um estudo crítico sobre Joseph Schumpeter. 2008. 103 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4006
Data do documento: 26-Nov-2008
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ronaldo Tadeu de Souza.pdf575,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.