???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4128
Tipo do documento: Tese
Título: Amor e criatividade: ações estéticas e diversidade na construção do futuro
Título(s) alternativo(s): Love and creativity: aesthetics actions and diversity in the construction of the future
Autor: Leão, Heloisa Helena da Fonseca Carneiro 
Primeiro orientador: Carvalho, Edgard de Assis
Resumo: Este trabalho reflete a preocupação atual sobre o homem, suas invenções e seu ambiente. A destruição da natureza e o futuro do planeta estão em jogo. No entanto, as novas descobertas tecnológicas têm a possibilidade de aproximar homem e natureza uma vez que utilizadas de forma racional e, ao mesmo tempo sensível. As ações do homem moderno são conseqüências da ciência tradicional que coloca a razão como o caminho único da verdade. Hoje, percebemos que as verdades absolutas não existem. Em conseqüência disso, pela ausência dessas verdades, o ser humano se sente desamparado. À medida que procuramos entender questões como a diversidade, as mutações e as novas tecnologias, o mundo se torna mais complexo para nós. Para resolver isso, o ser humano precisa olhar a seu redor e procurar por novas soluções. O embate entre o homem e o objeto de forma consistente é fundamental para a criação de um futuro diversificado. A busca por um mundo diferente é defendido por Ilya Prigogine, Charles Sanders Peirce e Edgar Morin. Prigogine afirma que o futuro não é algo estabelecido a priori e, sim, em constante construção. Enfatiza que outro futuro é possível, basta agir para modificá-lo. Em sua Carta às Futuras gerações, ele convoca os jovens a agir por um amanhã diferente. Por estar presente em todas as manifestações do ser humano, a arte é fundamental para o resgate da sensibilidade que se perdeu na tirania da razão. Ao longo da existência da humanidade, homem e arte sempre foram parceiros e isso não pode ser esquecido. Apresentamos três artistas que ampliaram o fazer artístico. Lygia Clark propõe ao homem contemporâneo a redescoberta do corpo por meio de sua memória sensorial, Frans Krajcberg faz de seu percurso de vida um alerta contra a destruição da natureza. Joseph Beuys investe na ação dos indivíduos, pois considera todos os indivíduos artistas. Pensadores, artistas mostram as possibilidades do Reencantamento do Mundo por meio da criatividade e do amor como construtores do futuro. Além, deles, pessoas de sensibilidade apurada se dedicam a modificar o amanhã, por meio de ações estéticas
Abstract: This work reflects the present concerns of the humankind, their inventions and their habitat. The destruction of the nature and the future of our planet are in deep jeopardy, however the new technologic discoveries has the possibility to approach man to the nature, of course, if applied rationally, at the same time sensible. The actions of the modern man are consequences of the traditional science, which places the reason as the sole and only way to the truth. Today, we noticed that the absolute truth does not exist. In consequence, by the absence of the truth, the human been, feels abandoned. As long as we try to understand questions such as diversity, the mutation and new technologies, the world becomes more complex to us. To resolve this paradox, the man needs to look deeply around the world and try to find new solutions. The confrontation between man and object on a consistent way is fundamental to build a diverse future. The search for a different world is founded in Ilya Prigogine, Charles Sanders Peirce and Edgar Morin sources of in exhaustive reflection. Prigogine affirms future is not something established in advance, yet in constant construction, he emphasizes that future is possible, if we act properly to change. In his letter, "the future generations", he convoked youngsters to act for a different tomorrow. The art is present in all human being manifestations, it is crucial to redeem the sensibility that has been lost in the tyranny of the reason. Since the beginning of humanity, man and art always been partners, this cannot be forgotten or ignored. We presented 3 artists that amplified the artistic savoir-faire. Lygia Clark proposed to the contemporary man the re-discovery of the body by the sensorial memory, Frans Krajcberg, directed his life to alert against nature destruction, Joseph Beuys invests in the individuals actions, as he considers that all individuals are artists. Thinkers, artists have shown the possibilities of the "re-enchantment of the world" utilizing the creativity and love as "future constructors". Not only them, but also people with refined sensibility are dedicating themselves to modify the future, using esthetics actions
Palavras-chave: Construção
Ação estética
Love
Creativity
Construction
Aesthetics action
Amor
Criatividade
Estetica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Ciências Sociais
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais
Citação: Leão, Heloisa Helena da Fonseca Carneiro. Love and creativity: aesthetics actions and diversity in the construction of the future. 2009. 222 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4128
Data de defesa: 28-Oct-2009
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Heloisa Helena da Fonseca Carneiro Leao.pdf12,94 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.