???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4388
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCarvalho, Fábio Cardia de-
dc.contributor.advisor1Katz, Helena Tânia-
dc.date.accessioned2016-04-26T18:11:39Z-
dc.date.available2005-10-03-
dc.date.issued2005-10-03-
dc.identifier.citationCarvalho, Fábio Cardia de. Música e Dança: a sonosfera como ambiente midiático. 2005. 163 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/4388-
dc.description.resumoOs processos de comunicação que envolvem a música apresentam-se como um objeto que favorece o entendimento proposto por Damásio (1996) sobre a relação entre razão e emoção. O interesse em tratar da comunicação via música com esta abordagem teórica se dá porque com ela se valoriza o papel do corpo nesse processo. Além disso, permite também que se compreenda o relacionamento entre música e dança sem hipertrofia da emoção. Freqüentemente a música tem sido estudada a partir de uma visão dualista: como um fenômeno externo a um corpo, causado pelo corpo, mas nunca parte integrante do mesmo. Esse dualismo ofuscou a abordagem da música como parte integrante de um corpo que se expressa e se comunica com outros corpos e com seu meio ambiente. A música é um sistema complexo que provém do próprio corpo, de seus processos biológicos e cognitivos. Assim sendo, sua ligação com um corpo que gesticula, um corpo que se movimenta - como acontece em dança - pode ser estudado de maneira diferenciada. A compreensão e aceitação da música como parte de um corpo faz ruir a visão dualista que atrapalha a compreensão da música como ferramenta nos processo de comunicação: a música não é tão somente mensagem, resultado e causa de um corpo que comunica, mas faz parte integrante do próprio corpo que comunica. Por isso, a importância de conhecermos as relações entre a música e o corpo. O processo de cognição da música depende da sincronia e integração de várias áreas cerebrais, diferentes tipos de memória e diferentes sistemas sensoriomotores. Essa premissa permite posicionar a música como um sistema próprio, único, pois a emoção que parece gerada no primeiro estágio da audição não filtra, mas pertence à percepção em curso, que carrega emoção e referência num mesmo corpus. O objetivo da dissertação, portanto, é o de colaborar na difusão dos entendimentos acima apresentados e, para tal, além da revisão bibliográfica empregada na apresentação da sua hipótese, se debruçará sobre a obra de Fábio Cardia, aqui tomada como um estudo de caso.por
dc.description.abstractThe communication processes that involve the music come as an object that favors the understanding proposed by Damásio (1996) about the relationship between reason and emotion. The interest in treating of the communication through music with this theoretical approach feels because with her the paper of the body is valued in that process. Frequently the music has been studied starting from a vision dualist: as an external phenomenon to a body, caused by the body, but never integral part of the same. That dualism obscured the approach of the music as integral part of a body that is expressed and he/she communicates with other bodies and with the environment. The music is a complex system that comes from the own body, of their biological and cognitive processes. Being like this, a connection with a body that gesticulates, a body that is moved - as it happens in dance - it can be studied in a differentiated way. The understanding and acceptance of the music as part of a body makes the vision dualist that disturbs the understanding of the music to collapse as tool in the communication process: the music is not so only message, result and cause of a body that it communicates, but it is integral part of the own body that communicates. Therefore, the importance of we know the relationships between the music and the body. The objective of the dissertation, therefore, it is above it of collaborating in the diffusion of the understandings presented and, for such, besides the revision bibliographical maid in the presentation of his/her hypothesis, he/she will lean over on Fábio Cardia's work, here socket as a case study.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2016-04-26T18:11:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 FabioCardia.pdf: 1512233 bytes, checksum: a498777262b12d782b9e5ee00b38b373 (MD5) Previous issue date: 2005-10-03eng
dc.description.sponsorshipnenhum-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/13133/FabioCardia.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentComunicaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semióticapor
dc.rightsAcesso Restritopor
dc.subjectMúsica e Dançapor
dc.subjectcomplexidadepor
dc.subjectsonosferapor
dc.subjectcorpomídiapor
dc.subjectMusic and Danceeng
dc.subjectcomplexityeng
dc.subjectsoundsphereeng
dc.subjectbodymediaeng
dc.subjectMusicapor
dc.subjectDancapor
dc.subject.cnpqCNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::MUSICApor
dc.titleMúsica e Dança: a sonosfera como ambiente midiáticopor
dc.title.alternativeMusic and Dance: the soundsphere as media atmosphereeng
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FabioCardia.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.