REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4475
Tipo: Tese
Título: Uma fábrica de mentiras: a (in)comunicação da economia da dança
Autor(es): Leão, Doralice Soares
Primeiro Orientador: Katz, Helena Tânia
Resumo: Não são poucos os teóricos que proclamam a urgência em se tratar a cultura como um setor produtivo (THOMPSON, 1999; BRIGGS e BURKE, 2004) e já existem algumas iniciativas voltadas para uma indispensável sistematização de dados (BNDES, 2006; SEBRAE, 2008) capaz de dar visibilidade ao papel que a cultura tem no atual estágio do capitalismo (BENTES, 2007; JAMESON, 1996; SENNETT, 2006). Desenhou-se um novo campo, a economia da cultura, que ainda não tem grande visibilidade midiática e, dentro dele, aninha-se um outro, que vem sendo moneado de economia da dança. No entanto, o silenciamento do jornalismo econômico e do jornalismo cultural tem mantido a relação economia-cultura e também a da economia com a dança na invisibilidade. Objetivando colaborar para que a atual situação seja revertida, a tese parte de uma revisão bibliográfica para focar as forças políticas que tensionam a economia da dança (MCLUHAN, 2001; OLIVEIRA & CIANCIO, 2007). A hipótese aqui proposta vai na contramão do pensamento que divulga em seminários, encontros, congressos e festivais a situação da economia da dança porque questiona a existência de um setor produtivo que possa ser, de fato, conceituado como economia da dança. Para tal, toma como corpus desta pesquisa as formas de comunicação dos eventos promovidos com esse tema no período entre 2000 e 2012, e emprega como fundamentação teórica a Teoria Corpomídia (KATZ & GREINER 2001, 2003) para sustentar que as trocas entre corpos e ambientes em torno de uma possível existência da economia da dança vem replicando-se (DAWKINS, 1976) sem qualquer reflexão crítica e, dessa maneira, contribuindo para o fortalecimento de políticas públicas para a cultura incapazes de promover autonomia
Abstract: There are many thinkers who state as urgent the need to deal with culture as a productive segment (THOMPSON, 1999; BRIGGS and BURKE, 2004) and there are some initiatives aimed at a very much needed data system (BNDES (National Bank for Economic and Social Development), 2006; SEBRAE (Brazilian Service for Small Business Development), 2008) capable of providing visibility to the role the culture plays in the current scenario of capitalism (BENTES, 2007; JAMESON, 1996; SENNETT, 2006). A new field has been designed, the culture economy, which still does not have great media visibility and, within it, there is another field, which has been referred to as dance economy. However, the silence of the economic journalism and of the cultural journalism has been keeping invisible the economy-culture relationship, as well as the economy and dance relationship. With the purpose of reverting the situation, the paper is based on bibliographic review to focus on political forces that influence the dance economy (MCLUHAN, 2001; OLIVEIRA & CIANCIO, 2007). The hypothesis suggested herein is opposed to the line of thinking that discloses in seminars, meetings, congresses and festivals the status of dance economy because it questions the existence of a productive sector that can actually be conceived as dance economy. For such, the research embodies the communication forms of the events promoted on that issue between 2000 and 2012, and its theoretical ground is the Corpomídia Theory (KATZ & GREINER 2001, 2003) in order to show that the exchanges between bodies and environments around this possible existence of dance economy have been increasing (DAWKINS, 1976) without any critical thinking and, thus, contributing towards the strengthening of public policies for the culture which are incapable of promoting autonomy
Palavras-chave: Economia da dança
Jornalismo econômico
Jornalismo cultural
Economia da cultura
Corpomídia
Políticas públicas
Dance economy
Economic journalism
Cultural journalism
Culture economy
Corpomídia
Public policies
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Leão, Doralice Soares. Uma fábrica de mentiras: a (in)comunicação da economia da dança. 2012. 126 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2012.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4475
Data do documento: 31-Out-2012
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Doralice Soares Leao.pdf956,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.