REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4633
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPasqualini, Diógenes José-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4484393Z8por
dc.contributor.advisor1Katz, Helena Tânia-
dc.date.accessioned2016-04-26T18:14:18Z-
dc.date.available2014-08-05-
dc.date.issued2014-06-27-
dc.identifier.citationPasqualini, Diógenes José. O pastorado e o Partido dos Trabalhadores na des(continuidade) do modelo partidário brasileiro. 2014. 202 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/4633-
dc.description.resumoEsta pesquisa busca compreender os vínculos entre o pastorado cristão e o Partido dos Trabalhadores a partir da obra de Michel Foucault, principalmente mediante suas reflexões sobre pastorado, governamentalidade, biopoder e biopolítica. O que se pretende problematizar é como o crescimento do PT tem se modelado por dispositivos ancorados no marketing e em sua estreita ligação com entidades políticas, como sindicatos, Ongs, cooperativas, religiões etc. A ideia de partido, nos estudos foucaultinos, tem origem no século XVIII e nasce pela fratura entre pastorado e entidades que reivindicaram nova maneira de conduzir o homem, que ele chamou de governamentalidade. Diante disso, a pesquisa busca mostrar qual é a relação entre o pastorado e o PT na reivindicação de governar as pessoas nos dias atuais. A campanha eleitoral de Fernando Haddad para prefeito de São Paulo, em 2012, e sua relação com os apoios do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff, compõem o corpus deste trabalho. Para sistematizar a pesquisa e testar as hipóteses, a metodologia teórico-prática reuniu pesquisa documental, organização de informações sobre a campanha, revisão bibliográfica e uma pesquisa de campo: o acompanhamento das coberturas realizadas pelo jornal O Estado de S. Paulo, as pesquisas eleitorais feitas pelo Datafolha e coleta de filmes da propaganda política na televisão. As principais conclusões da pesquisa são: a) há uma vinculação entre instituições políticas, técnicas de marketing, comunicação e a condução pastoral de seus líderes, que desempenharam papel predominante na campanha de Fernando Haddad; b) este modelo tem contribuído para o crescimento do partido; c) a imagem do novo político de sucesso está relacionada a seu poder pastoral em conduzir as pessoas; e d) o Partido dos Trabalhadores se transformou em marca que, independentemente do candidato escolhido, consegue franquear sua eleiçãopor
dc.description.abstractThis research targets at understanding the links between the Christian pastorate and the Partido dos Trabalhadores, based on the work of Michel Foucault, especially from his reflections on pastorate, governmentality, biopower and biopolitics. The aim is to study the problems related to the growth of the PT, that has been modeled by resources anchored in marketing, and its close connection to political entities such as trade unions, Ongs, cooperatives, religions, etc. The idea of the party, in the foucaultian studies, originated in the eighteenth century and rises at the break of the ministry and entities which claimed new ways for men to be led, that Foucault called governmentality. Therefore, the research tries to show what the relationship is between the pastor and the PT in the claim to govern people nowadays. The electoral campaign of Fernando Haddad for Mayor of São Paulo, in 2012, and its relationship to the support of former President Lula and President Dilma Rousseff form the corpus of this work. To systematize the research and test the hypotheses, the theoretical and practical methodology gathered documentary research, organizing information about the campaign, literature review and field research: the coverage made by the newspaper O Estado de S. Paulo, the election polls made by Datafolha and political advertising films on television. The major conclusions to the research are: a) there is a link among political institutions, marketing techniques, communication and pastoral leadership in their leaders, who played a dominant role in Fernando Haddad campaign; b) this model has contributed to the growth of the party; c) the image of the new successful politician is related to his pastoral power to lead people; and d) the Partido dos Trabalhadores became a brand that, regardless of the chosen candidate, can franchise his electioneng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/13553/Diogenes%20Jose%20Pasqualini.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentComunicaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semióticapor
dc.rightsAcesso Restritopor
dc.subjectPastoradopor
dc.subjectMarketing políticopor
dc.subjectLulapor
dc.subjectEleiçãopor
dc.subjectCampanha de Fernando Haddadpor
dc.subjectPartido dos Trabalhadorespor
dc.subjectPastoral powereng
dc.subjectPolitical marketingeng
dc.subjectElectioneng
dc.subjectCampaigneng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOpor
dc.titleO pastorado e o Partido dos Trabalhadores na des(continuidade) do modelo partidário brasileiropor
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Diogenes Jose Pasqualini.pdf
  Restricted Access
976,5 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.