REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4879
Tipo: Tese
Título: O jeito do corpo e o jeitinho Brasileiro
Título(s) alternativo(s): The way of the body and the Brasilian Way
Autor(es): Borges, Fernanda Carlos
Primeiro Orientador: Katz, Helena Tânia
Resumo: Nesta tese o jeitinho brasileiro é visto como uma atitude comunicativa que nasce no corpo e é investigado sob dois aspectos: cognitivo e cultural. Entende o jeito como um processo cognitivo e comunicativo afirmado na cultura brasileira, através do jeitinho. O jeitinho remete à relação entre o universal e o particular, cuja estrutura teórica básica, desenvolvida durante o patriarcado histórico, abriga a estabilidade, que pode ser alcançada por capacidades cognitivas, e a instabilidade, vivida pelas contingências da relação imediata, corpo a corpo, com a natureza. Assim, a instabilidade vivida pelos corpos na circunstância deve ser vencida pela estabilidade propiciada pela exatidão da cognição. Nesta estrutura, a comunicação tem um caráter persuasivo. No entanto, uma outra tradição de pensamento vem conquistando espaço significativo desde o século XX, e entende que a cognição está comprometida com a transformação contínua, o que sugere uma mudança no eixo oficial da filosofia. A hipótese de que o jeito corresponde à forma que a comunicação toma nas forças da situação, é desenvolvida dentro desta tradição. Nesta, a característica da comunicação é a alteridade. Esta tese compartilha da posição que acredita que a mente é fundamentalmente corporada, trata-se da concepção de um filosofar ligado ao sistema sensório-motor do corpo humano. Este caminho aceita um abordagem universal sobre como é o homem, mas exige a compreensão das singularidades dos processos da vida humana. Nos países do hemisfério norte a concepção de igualdade corresponde à igualdade perante à lei. No Brasil, à igualdade perante a lei é somada a igualdade da condição humana, uma igualdade substancial, relacionada com o corpo, que permite valorizar as forças das circunstâncias, a compaixão e a capacidade comunicativa. O jeitinho brasileiro aponta, portanto, para uma compreensão de processos e estruturas humanas, culturais e sociais diferentes daquelas que apoiam as instituições modernas, às quais não se submete. Na consolidação dos argumentos aqui necessários, dois pensadores foram fundantes: José Ângelo Gaiarsa e Oswald de Andrade, com o apoio indispensável de Lívia Barbosa.
Abstract: In this dissertation, the jeitinho brasileiro is seen as a communication attitude which starts in the body, and it is investigated according to two aspects: the cognitive and the cultural. We understand the Way as a cognitive and communicative process, rooted in Brazilian culture through the jeitinho brasileiro. The Way takes us to the relationship between the universal and the particular, a basic theoretical structure developed during the historical patriarchy to hold the stability, which can be reached through cognitive capacity, and the unstable aspect experienced in the immediate relationship contingencies, in the body s relation with nature. In this system, the unstable aspect the body experiences under the circumstances should be beaten by the stability provided by the exactness of cognition. In this structure, communication has a persuasive aspect. However, another tradition has been conquering important space since the 20th century. This other tradition proposes that cognition is attached to continuous transformation, which suggests a change in the philosophy mainstream. The hypothesis that the Way corresponds to the shape communication takes in the forces of situation, is developed inside a tradition that corresponds to pre-patriarchal societies. The communication characteristic of this tradition is alterity. This thesis shares the position that the mind is basically embodied; the philosophy process is linked to the sensory-motor system of the human body. This line accepts a universal approach of what mankind is like, but also demands an understanding of the singular process of human life. The conception that human is equal according to the law characterizes the institutions of the countries in the Northern Hemisphere. In Brazil, this conception is enriched by the conception of equality considering the human condition. This is a substantial, body-related, equality that values understanding the forces of circumstances, compassion, and communicative capability. Therefore, the jeitinho brasileiro targets the perception of cultural, social and human processes and structures, which are different from those that support modern institutions, to which it doesn t submit. In order to consolidate this proposal, two thinkers were fundamental: José Ângelo Gaiarsa and Oswald de Andrade. Moreover, Lívia Barbosa s support was also very important.
Palavras-chave: Jeito
Jeitinho
Devoração
Antropofagia
Corpo
Ética
Biomassa
Way
Etic
Antropofagy
Canibalism
Body
Mind
Embodiment
Embodied
Características nacionais brasileiras
Cultura - Brasil
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Borges, Fernanda Carlos. The way of the body and the Brasilian Way. 2005. 141 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/4879
Data do documento: 15-Abr-2005
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
o jeito do corpo e o jeitinho brasileiro.pdf540,64 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.