REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/5063
Tipo: Dissertação
Título: O papel do jornalismo cultural no percurso da dançateatro no Brasil: a replicação do Meme Pina Bausch
Autor(es): Petreca, Paula Carolina
Primeiro Orientador: Katz, Helena Tânia
Resumo: O jornalismo cultural contribuiu para difundir o trabalho da coreógrafa alemã Pina Bausch, legitimando sua assimilação junto aos sistemas simbólicos componentes da tessitura cultural brasileira. Trata-se de um fenômeno operado pelo jornalismo cultural entre as duas primeiras turnês brasileiras de Bausch, ocorridas respectivamente nos anos de 1980 e 1990, sendo a primeira um episódio pálido, com recepção fria de público e crítica, enquanto a segunda reverteu-se em total consagração da companhia germânica. O que aconteceu nesse intervalo de tempo que promoveu tamanha mudança? A hipótese é a de que as informações veiculadas pela mídia impressa puderam formar um conhecimento sobre o trabalho da coreógrafa e torná-lo familiar para a produção cultural local, tecendo um contexto que vem se estabelecendo ao longo de mais de duas décadas. As reflexões suscitadas pelas Teorias Críticas da Comunicação - conforme se apresentam nas obras de Benajmin (1936), Baudrillard (1995), Jameson (1998) e Bauman (2001)- fornecem os intrumentos argumentativos para a compreensão conjuntural do ambiente que acolhe o objeto da pesquisa realizada, e o objeto (a ação do jornalismo cultural entre 1980 e 1990 na difusão de informações sobre Pina Bausch) é focado no âmbito dos discursos das multidões (Negri, 2005). A pesquisa do material publicado em dois jornais paulistanos de circulação nacional, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo, foi reunida a investigações a respeito dos processos contaminatórios que se estabeleceram a partir daí. Com essa metodologia tornou-se possível delimitar qual o papel que os dois jornais acima citados desempenharam no fluxo informacional entre a esfera artística e a pública. O trânsito teórico-prático se deu na realização de entrevistas realizadas com coreógrafos locais, que se relacionam, de alguma maneira, com a produção de Pina Bausch, e desenvolveram discursos a esse respeito. Tendo em vista a pouca quantidade de registros históricos conjunturais específicos sobre dança no Brasil, a pesquisa espera colaborar com as discussões em curso sobre o impacto do jornalismo cultural e sobre seus rastros na produção de dança brasileira
Abstract: The German choreographer Pina Bausch has had her work diffused thanks to the contribution of cultural journalism, legitimizing its assimilation into symbolic systems which compose Brazilian cultural assembly. The phenomenon performed by cultural journalism between the first two Bausch s Brazilian tours, occurred in 1980 and 1990 respectively, the first being a pale episode as the audiences reception has been cold and critical, while the second has elevated the German company to a greater level of recognition. What happened meanwhile that promoted such a change? The hypothesis is that the diffusion of information operated by press has dealt to a better knowledge of the choreographer s work, as well as turning it to be familiar to local cultural production, dealing to the construction of a context which is being under process for more than two decades. Reflections raised by Critical Theories of Communication, according to the following authors: Benjamin (1936), Baudrillard (1995), Jameson (1998) and Bauman (2001); evoke arguments which contextualize the cultural compreension of the environment that hosts the object of this research, and the object (the action of cultural journalism between 1980 and 1990 over the diffusion of information about Pina Bausch) focus on the scope of multitude s speech (Negri, 2005). The research over material published in two newspapers from São Paulo: O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo, has been related to testimonials of various Brazilian choreographers who recognise that the information brought by Pina Bausch has transformed and impacted their work. The methodology applied has enabled the delimitation of the role played by the newspapers previously mentioned, while interchanging information between public and artists. Theoric-practical transit has been estabilished while interviewing local choreographers whose production relate in a certain way to Pina Bausch s one, that have argumented over this issue. Regarding the lack of specific conjunctural historic source concerning dance in Brazil, this dissertation aims to contribute to on-course discussions over cultural journalism impact and its traces in Brazilians dance
Palavras-chave: Jornalismo cultural
Dançateatro
Corpomídia
Coreógrafos brasileiros
Memética
Cultural journalism
Pina Bausch
Dancetheater
Bodymedia
Brazilian coreographers
Memetics
Bausch, Pina [1940-]
Coreografos
Dança moderna - Brasil - Cobertura jornalística
Tanztheater - Cobertura jornalística
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Petreca, Paula Carolina. O papel do jornalismo cultural no percurso da dançateatro no Brasil: a replicação do Meme Pina Bausch. 2008. 120 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5063
Data do documento: 6-Mai-2008
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Paula Carolina Petreca.pdf1,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.