???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5067
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ritual da mídia: os elementos rituais e sua aplicação pelos meios de comunicação de massa
Título(s) alternativo(s): Ritual of media: the ritual elements and their application by the means of mass communication
Autor: Magossi, Priscila Gonçalves 
Primeiro orientador: Baitello Junior, Norval
Resumo: A pesquisa está dedicada ao estudo da aplicação de alguns elementos rituais pela mídia de massa, como tentativa de suprir o vazio existencial, proporcionado pelo surgimento da consciência no homem genérico. A justificativa da escolha do tema repousa na percepção de que tanto o homem primitivo, com sua estrutura de pensamento mítico, quanto o homem atual, com seu pensamento linearmente formulado, alimentam-se do ritual de dimensão coletiva. Entende-se por ritual um conjunto de ações, caracterizadas por seu valor simbólico, para determinado grupo social. Tanto as ações quanto o simbolismo não são escolhidos livremente pelo indivíduo, mas ditados por uma fonte externa. No caso do homem primordial, a fonte relaciona-se aos mestres da cerimônia religiosa. No caso do homem atual, a fonte refere-se ao poder de influência da mídia de massa. Nesse sentido, a intenção do trabalho de pesquisa é mostrar como a mídia utiliza o recurso arquetípico e sagrado do ritual, transportando seu núcleo de sentido para a satisfação dos seus interesses imediatos: fascínio, encanto, infiltração e estereotipagem. Sob a vertente da Semiótica da Cultura, a dissertação objetiva contribuir para os estudos de comunicação e cultura, visando o resgate da complexidade nos meios de comunicação. O problema de pesquisa diz respeito à questão de como o formato do ritual primitivo sobrevive, de modo saturado, nos meios de comunicação de massa, e de que modo lhes foi incorporado. Referente às questões metodológicas, o procedimento adotado foi uma pesquisa de caráter qualitativo, envolvendo crítica e levantamento bibliográfico. Para estabelecer a relação desejada entre conteúdo arcaico e mídia de massa foram selecionadas como referencial teórico a semiótica da cultura (centradas nos autores I. Bystrina, M. S. Contrera e N. Baitello Jr), a teoria da comunicação (de B. Cyrulink, K. Lorenz, V. Flusser e V. Romano), as teorias da mídia e do imaginário (baseadas nos textos de D. Kamper e H. Pross), entre outras áreas do conhecimento e outros autores, tais como, E. Morin, J. Hillman, M. Berman, N. Sevcenko e Z. Bauman. A conclusão do estudo foi a de que, apesar de distorcido e banalizado, os princípios de reorganização simbólica do ritual continuam a exercer notável influência na mídia e na mentalidade do homem atual
Abstract: The research is dedicated to the study and applications of some ritual elements in the mass media, as an attempt to fulfill the emptiness of existence, occasioned by the arrival of consciousness in the primordial man. Justification for this topic is based on the perception that the primitive man, with his mythic thoughts, and the modern man, straight thoughts formulated, have the same collective ritual dimensional base. Ritual must be read as a group of actions defined by their symbolic importance to a specific society. The actions and symbols aren't freely chosen by individuals, they are imposed by an external source. For the primordial man, the source is the ceremonial priests. For the modern man, the source is the influence of mass media. Showing how media uses the archetypical and sacred aspect of the ritual, manipulating its core for their own needs and satisfaction: fascination, enchantment, infiltration and stereotyping. By the Cultural Semiotic prism, the thesis aspires to contribute to studies and cultural communication, aiming for the rescue of complexity in the means of communication. How primitive rituals formats still survive in modern media, albeit in a saturated way, is the question this study addresses. Adopted methodological procedure was a research of qualitative character, involving analysis and bibliographical survey. As the theorical board of references are the authors B. Cyrulink, D. Kamper, E. Morin, H. Pross, I. Bystrina, J. Hillman, K. Lorenz, M. Berman, M. S. Contrera, N. Baitello Jr., N. Sevcenko, V. Flusser, V. Romano e Z. Bauman. The conclusion is that, even if banalized and distorted, the principles of symbolic reorganization of the ritual still exert considerable influence in the media and in the mindset of the modern man
Palavras-chave: Defesas simbólicas da consciência
Ritual primitivo
Declínio do mito
Comunicação e mídia
Distúrbios da era da comunicação
Human conscience symbolic defeat
Primitive ritual
Communication and media
Myth decline
Communication era disturbs
Comunicacao de massa
Ritual
Simbolismo na comunicacao
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da instituição: PUC-SP
Departamento: Comunicação
Programa: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Magossi, Priscila Gonçalves. Ritual of media: the ritual elements and their application by the means of mass communication. 2008. 108 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5067
Data de defesa: 8-May-2008
Appears in Collections:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Priscila Goncalves Magossi.pdf305,8 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.