REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/5193
Tipo: Dissertação
Título: Corpo aberto - mídia de silício, mídia de carbono: a dança em interação com as novas tecnologias
Autor(es): Santana, Ivani Lúcia Oliveira de
Primeiro Orientador: Katz, Helena Tânia
Resumo: Corpo Aberto: mídia de carbono, mídia de silício, aborda uma das vertentes da dança contemporânea: a relação do corpo com as máquinas da nova era e, consequentemente, a dança em interação com as novas tecnologias. O pensamento e a obra do coreógrafo americano Merce Cunningham são escolhidos como fio condutor desta dissertação. À luz deste artista torna-se possível identificar alguns dos fatores que propiciaram a emergência deste diálogo entre a dança e as tecnologias. Suas obras propõem sofisticadas interações e as expõem como um trânsito que ocorre no corpo. Cunningham é fundamental para uma nova visão de dança, de arte e, principalmente, de corpo. E é também um pioneiro no uso das novas tecnologias neste campo. Através dele, serão discutidos artistas e obras contemporâneas onde o limite entre corpo de carbono e de silício está borrado. Carbono e silício estão implicados. Corpo Aberto: mídia de carbono, mídia de silício representa um primeiro passo no entendimento desta nova manifestação da dança, dando margem à sua continuidade, que se realizará na pesquisa de doutorado que segue essa, aqui apresentada. Corpo Aberto pertence a um mundo constituído por sistemas abertos, e por signos no sentido empregado por Charles Sanders Peirce. Por esta via percebe-se que todas as coisas no mundo, sendo signos, sistemas abertos, estão em constante troca e transformação na cadeia evolutiva. Portanto, o corpo, ambiente onde ocorre a dança, pode ser entendido como um sistema em interação eco-evolução com o mundo. É impregnado por ele ao mesmo tempo que passa a impregná-lo. Um está implicado no outro. A dança em interação com as tecnologias dos tempos de agora é aqui analisada não como um estilo ou gênero a mais em dança, mas como um reflexo, uma resposta estética da própria evolução do universo. Trata-se de um Corpo Evolutivo
Palavras-chave: Cunningham, Merce 1919- -- Critica e interpretacao
Danca
Bio-tecnologico
Tecnologia
Video
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica
Citação: Santana, Ivani Lúcia Oliveira de. Corpo aberto - mídia de silício, mídia de carbono: a dança em interação com as novas tecnologias. 2000. 171 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/5193
Data do documento: 30-Nov-2000
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Ivani Lucia Oliveira de Santana.pdf2,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.