REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/9170
Tipo: Dissertação
Título: Uma análise do spread bancário brasileiro no período de 2001 a 2004
Autor(es): Fogaccia, Fernanda Andrea Ferreira Ares
Primeiro Orientador: Carvalho, Carlos Eduardo
Resumo: Esta dissertação discute o comportamento do spread bancário no Brasil de 2001 a 2004 a partir das Teses que procuram identificar os determinantes da persistência dos elevados níveis do spread no pais. Estas teses apontam para os efeitos da instabilidade macroeconômicas, dos recolhimentos compulsórios e impostos elevados, da volatilidade e magnitude dos juros básicos, da rentabilidade e alta liquidez dos títulos públicos, da fragilidade das garantias e da ineficiência do judiciário, além do poder de mercado dos bancos e do direcionamento obrigatório de crédito. Por ser um período curto, não são feitos testes para obter indicações precisas, e sim uma análise geral para situar o poder explicativo de cada uma destas teses nestes anos. O estudo dos determinantes do spread bancário P elevado no Brasil se justifica pelo reconhecimento de que se trata de um sério problema para o crescimento ei a eficiência da economia. A reforma dos sistemas financeiros da América Latina não . foi suficiente para elevar os níveis de intermediação financeira, os volumes de credito para o setor privado, que como proporção do PIB, estão muito abaixo do observado em paises da OECD. O Brasil ilustra bem tanto as significativas mudanças experimentadas pelo setor financeiro desde meados dos anos 1990 - controle da inflação, privatização dos bancos públicos, abertura a entrada de instituições financeiras estrangeiras, melhoria da supervisão e regulação do setor financeiro- como a falta de impacto dessas reformas sobre o volume de crédito. Uma explicação fundamental para esses baixos volumes de crédito é o alto spread bancário cobrado pelos bancos
Abstract: This is paper discusses the Brazilian's banks spread behavior from 2001 to 2004 through theses that identify the determinants of high interest rate spreads persistence in the country (the difference between the interest charged to borrowers and the rate paid to depositors). These theses point out the effects of macroeconomic instability, reserve requirements and high taxes; high interest rate levels and volatility, high yield and liquidity of the government bonds, weak guarantees and Judiciary inefficiency besides the banks concentration and directional credit. Because of a short period of time the finality of the tests was to have a general analysis and not necessary indications of the power of each one of these theses in these years. The study of the high interest rate spreads determinants in Brazil realizes a serious GDP growth problem and low efficiency of the economy. ~he reform of the financial sectors in Latin America was not enough to raise the levels of financial intermediation, the volumes of private sector credits as a percentage of the GDP is very below than observed in OECD's countries. Brazil well illustrates the significant changes in the financial sector since middle nineties; control inflation, public banks privatization, foreign financial institutions entrance, financial sector supervision and regulation improvement and the lack of impact of these reforms on the credit volume. A basic explanation for these low volumes of credit is the high interest rate spreads charged for the banks
Palavras-chave: Spread bancário
Recolhimento compulsório
Impostos
Bank spreads
Interest rates
Reserve requirements
Taxes
Bancos -- Brasil
Taxas de juros -- Brasil
Politica monetaria -- Brasil
Historia -- Brasil -- Politica economica
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Idioma: por
País: BR
Editor: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Sigla da Instituição: PUC-SP
metadata.dc.publisher.department: Economia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política
Citação: Fogaccia, Fernanda Andrea Ferreira Ares. Uma análise do spread bancário brasileiro no período de 2001 a 2004. 2005. 118 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.
Tipo de Acesso: Acesso Restrito
URI: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9170
Data do documento: 30-Nov-2005
Aparece nas coleções:Programa de Estudos Pós-Graduados em Economia Política

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Fermanda Andreia Ferreira Ares Fogaccia.pdf
  Restricted Access
5,44 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.