REPOSITORIO PUCSP Teses e Dissertações dos Programas de Pós-Graduação da PUC-SP Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica
Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.pucsp.br/jspui/handle/handle/4525
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorSilva, Simone Bueno da-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4244731Y1por
dc.contributor.advisor1Oliveira, Ana Claudia Mei Alves de-
dc.date.accessioned2016-04-26T18:13:05Z-
dc.date.available2013-08-06-
dc.date.issued2013-06-12-
dc.identifier.citationSilva, Simone Bueno da. Abordagem semiótica dos perfis autobiográficos nas redes sociais digitais. 2013. 257 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013.por
dc.identifier.urihttps://tede2.pucsp.br/handle/handle/4525-
dc.description.resumoA pesquisa investiga a composição narrativa e discursiva dos perfis autobiográficos nas redes sociais digitais. Busca verificar como a modalidade discursiva configura um modo de apresentação e interação do sujeito no social, movimentando axiologias em percursos de construção identitária e subjetiva. Como corpus de análise foram escolhidos quatro plataformas de redes sociais: Facebook, Sonico, MySpace e Twitter em razão da temática de promoção de relacionamentos entre amigos ou seguidores em ambiências de visibilidade e conexão, com penetração no cenário nacional e internacional. Na coleta de dados, entre 2010 e primeiro bimestre de 2013, observou-se na interface de interação dessas plataformas um conjunto de narrativas de perfis destacando percursos de enunciação. Enquanto modelos discursivos esses se fundam em diferentes valores, apresentando potencial comparativo. A partir do levantamento de traços invariantes e variantes, na inter-relação entre os patamares do percurso gerativo de sentido, a pesquisa identificou a construção da visibilidade como um valor pregnante. No percurso de se fazer visível observamos estratégias de exposição do sujeito indicadoras de formas de pertencimentos e modos de presença. A homologação aos regimes de visibilidade apontou para a identificação de dois grandes percursos enunciativos: percursos de autopromoção e de socialização, manifestados de forma imbricada sob o atravessamento dos discursos da celebridade e da espetacularização, perpassados pelo discurso midiático e de midiatização. Esses modos de presença se constroem no interior de práticas interacionais que foram tratadas em relação à formação de regimes de interação e sentido seguindo Landowski e das interações discursivas, desenvolvidas por Oliveira. Como resultante observamos a instauração de um modelo de programação complexa regedor dos modos de presença instaurados subsumindo o acidente e alimentado pelo ajustamento e manipulação. O domínio da programação mostrou como os perfis autobiográficos construídos nas plataformas de redes sociais analisadas revelam-se na contradição e contrariedade como antiperfis. Como fundamentação teórica tomou-se ainda A. J. Greimas, J.-M. Floch e F. Thürlermann. Nos estudos da cibercultura, apoiouse em P. Lèvy, M. Castells, A. Lemos, A. Primo, R. Recuero e E. Trivinho. As redes sociais digitais como práticas significantes da atualidade, sob a especificidade da semiótica discursiva, contribuem com os estudos sobre a construção de identidades nas novas formas de comunicaçãopor
dc.description.abstractThe research investigates the narrative and discursive configuration of autobiographic profiles in digital social networks. It seeks to verify how the discursive modality sets a presentation and interaction way of the subject on the social, displacing axiologies in identitarian and subjective building processes. Four social networks platforms were chosen as analysis corpus: Facebook, Sonico, MySpace and Twitter due to their thematic of promoting relationships among friends or followers in visibility and connection s ambiences, reaching national and international scene. With the data gathering, between 2010 and the first two months of 2013, a group of profile s narratives detaching enunciation paths was observed on these social networks interaction interfaces. While discursive models these ones base themselves on different values, showing comparative potential. From the invariants and variants traits survey, in the inter-relation among the meaning generative process levels, the research identified visibility s construction as a pregnant value. In the path of making yourself visible, strategies of subject s exposition which indicate to belonging forms and presence ways can be observed. Homologation to visibility s regimes pointed to the identification of two great enunciative processes: self-promotion and socialization processes, unfolded in an intertwined fashion under the crossing of the discourses of the celebrity and of the exhibitionism, pervaded by mediatic and mediatization s discourses. These ways of presence build themselves inside interactional practices which were dealt with considering the formation of interaction and sense regimes according to Landowski and the discursive interactions, developed by Oliveira. As a result we observe the establishment of a complex programming model that governs the established presence ways, subsuming the accident and being fed by adjustment and manipulation. The programming domain showed how autobiographic profiles built in the analyzed social networks platforms reveal themselves at the contradiction and contrariety as antiprofiles. As theoretical basis were also taken A. J. Greimas, J-M. Floch and F. Thürlermann. Regarding cyberculture studies, were taken as support P. Lèvy, M. Castells, A. Lemos, A. Primo, R. Recuero and E. Trivinho. Digital social networks as nowadays significant practices, under specificity of discursive semiotics, enhance the studies on identities construction inside new ways of communicationeng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucsp.br/tede/retrieve/13257/Simone%20Bueno%20da%20Silva.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica de São Paulopor
dc.publisher.departmentComunicaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUC-SPpor
dc.publisher.programPrograma de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semióticapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectRedes sociais digitaispor
dc.subjectConstrução identitária e subjetivapor
dc.subjectNarrativapor
dc.subjectDiscursopor
dc.subjectRegimes de interação e sentidopor
dc.subjectSemiótica discursivapor
dc.subjectDigital social networkseng
dc.subjectIdentitarian and subjective constructioneng
dc.subjectNarrativeeng
dc.subjectDiscourseeng
dc.subjectSense interaction regimeseng
dc.subjectDiscursive semioticseng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAOpor
dc.titleAbordagem semiótica dos perfis autobiográficos nas redes sociais digitaispor
dc.typeTesepor
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Simone Bueno da Silva.pdf11,12 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.